Bom negócio: imóvel na planta valoriza até 30%

PUBLICADO EM 23/06/10 - 21h55
 

Comprar um imóvel na planta, com planos de revenda na entrega das chaves, está se tornando prática comum no mercado imobiliário de Belo Horizonte. O diretor de atendimento da Gribel/Pactual, Adriano Guerra, informou que a valorização, neste tipo de investimento, chega a 30%, após 30 meses, período previsto para a construção total de um empreendimento.

Guerra cita como exemplo um imóvel que, vendido por R$ 400 mil na planta, valerá de R$ 500 mil a R$ 520 mil, após 30 meses e pronto. "Se o cliente quiser repassar o imóvel, ele pagará R$ 100 mil nas prestações, sem juros, até as chaves e o apartamento dele estará valendo até R$ 520 mil", explicou.

A tendência de mercado, para quem enxerga no imóvel um ativo, é que a valorização na planta continue. Isso porque, de acordo com Guerra, existe a escassez de fração ideal (terrenos) em áreas disputadas de Belo Horizonte e região metropolitana(veja quadro abaixo). "Oitenta por cento das pessoas que fazem aquisição na planta são de imóveis destinados a moradia própria. O restante é de investidores", explicou Guerra, diante dos 36 empreendimentos da empresa vendidos na planta, na capital, nos últimos dois anos.

O presidente da Câmara do Mercado Imobiliário (CMI/Secovi), Ariano Cavalcanti de Paula informou que a compra do imóvel na planta é um excelente negócio. "O cliente que comprou um imóvel na planta há quatro anos, na faixa de R$ 480 a R$ 500 mil no bairro Funcionários, hoje está valendo de R$ 980 a R$ 1 milhão", comparou. O bom negócio atinge imóveis de todas as faixas.

Para Ariano Cavalcanti, a vantagem do imóvel na planta é a flexibilidade na escolha do financiamento, o parcelamento até a entrega das chaves e possibilidade de personalizar a área interna.

Se o investimento pode enfrentar uma bolha futura, como aconteceu nos Estados Unidos, Ariano Cavalcanti afasta a possibilidade. "O mercado imobiliário vegetou durante 20 anos e o estrago é que ele representou uma demanda que quando aflora não encontra oferta que faça contrapartida", justificou o alvoroço atual.

Tem repasse com três meses
O apelo da valorização do imóvel na planta está tão irresistível que tem gente comprando no lançamento e repassando a unidade de dois a três meses após a aquisição. Investidores com esse perfil não faltam.
O diretor de atendimento da Gribel/Pactual, Adriano Guerra informou são muitos. "Três meses após o lançamento já começa com uma valorização dependendo dos prazos e a pessoa solicita a revenda do apartamento", afirmou.
Mas o ideal, de acordo com Adriano, é o consumidor aguardar até as chaves para ter a valorização cheia. (HL)

CONTADOR DE VISITAS

mod_vvisit_counterVisitantes de ontem:4539
mod_vvisit_counterSemana passada:29344
mod_vvisit_counterMês passado:142443

BUSQUE SEU IMÓVEL

Vista para o mar
Próx. UFSC / UDESC

LINKS PATROCINADOS

BUSQUE CÓD. OU TEXTO