Cidades pequenas fazem mercado imobiliário crescer

Fonte: JornalFloripa


As pequenas cidades, com localizações privilegiadas, estão se tornando o principal refúgio para quem quer morar bem sem ter que desembolsar um alto valor. Tijucas é a prova real da explosão do mercado imobiliário e tem se tornado uma das principais cidades quanto o assunto é crescimento, competindo com cidades de grande porte como Balneário Camboriú e Florianópolis.

 

Outro diferencial é a idade dos consumidores, na sua maioria, jovens com até 30 anos que estão buscando financiamentos da casa própria. Somente o ano passado, a procura pelo crédito imobiliário teve um aumento significativo de 36%.

 

Tijucas se destaca quando o assunto é qualidade de vida. Para os empresários Thiago Schultz e Vandreza Bozzano, proprietários da Show Imóveis, o atrativo para que as pessoas possam apostar na cidade é que sua posição geográfica permite um fácil deslocamento a outras localidades. “Isso faz com que a cidade cresca potencialmente e assim, os investimentos não param”, comenta.

 

O destino turístico também é outro ponto que favorece Tijucas. O município é o acesso principal as cidades do Vale do Rio Tijucas, que inclui Nova Trento, onde está o Santuário Santa Paulina, que recebe milhares de fiéis todos os anos.

 

Thiago Schultz ressalta que a procura por imóveis não se restringe a residências. “São muitos investidores que são atraídos pelos benefícios que a cidade oferece. Com apenas dois anos de mercado, a Show Imóveis aposta em atrair ainda mais pessoas para a cidade”, completa.

 

 

 

Residenciais de qualidade

 

O crescimento que a cidade vive vem de uma aposta de construtores, que investiram em qualidade há alguns anos e hoje conseguem colher os frutos do planejamento. Bairros com infraestrutura completa, apartamentos de luxo, residências que atendem todas as necessidades foram as apostas que deram certo.

 

O gerente regional da Construção Civil da Caixa Econômica Federal destaca que o Estado tem fatores que colaboram para esta procura, como o baixo índice de desemprego e o turismo.

 

 Perfil de quem compra

 

A facilidade dos créditos imobiliários se deu em razão do momento favorável. Para o presidente do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil), Helio Bairros, os imóveis são investimentos estáveis e seguros, pois mesmo quando não valorizam, os preços permanecem estáveis.

 

Isso tem feito com que jovens possam ir atrás de sua primeira casa própria. O perfil do consumidor que compõe a maior fatia do mercado que procura por crédito imobiliário, é jovens com idades inferir a 30 anos, que financiam imóveis na faixa dos R$140.000,00.

 

VIP SOCIAL

CONTADOR DE VISITAS

mod_vvisit_counterVisitantes de ontem:4539
mod_vvisit_counterSemana passada:29344
mod_vvisit_counterMês passado:142443

BUSQUE SEU IMÓVEL

Vista para o mar
Próx. UFSC / UDESC

LINKS PATROCINADOS

BUSQUE CÓD. OU TEXTO