Feirão da Caixa de Florianópolis movimenta R$ 485 milhões em três dias

Pouco mais de 1.200 moradores da Grande Florianópolis realizaram o sonho de comprar o imóvel próprio no fim de semana. Esse número resultou nos R$ 485 milhões movimentados durante os três dias de Feirão da Caixa 2014, que ocorreu no CentroSul, em Florianópolis. Organizadores e imobiliárias comemoraram o resultado e esperam que o evento provoque mais negócios nos próximos meses. Esta foi a 10ª edição do Feirão na Capital.

A organização contabilizou ainda mais de 14 mil visitantes entre sexta-feira e domingo. Para Vânio dos Santos, chefe de gabinete da presidência nacional da Caixa, a movimentação no CentroSul foi diferente das edições anteriores do Feirão. “Notamos que o público do Feirão está cada vez mais qualificado. A maior parte dos visitantes já sabe o que vai encontrar no evento e como vai comprar. Isso facilita o trabalho de todos”, disse.

Cerca de 90 empresas do setor imobiliário se prepararam para o Feirão deste ano. Dos 14 mil imóveis disponíveis na Grande Florianópolis, 1.211 encontraram donos durante o evento, totalizando R$ 485 milhões em vendas.  Mas os organizadores esperam que esse número cresça até setembro. “Muitas imobiliárias devem continuar vendendo imóveis nos próximos quatro meses por causa de negócios que começaram durante o Feirão. Isso é natural, pois muitas famílias apenas olham a proposta e depois visitarão o empreendimento e fecharão a compra”, explicou Vânio.

Olhar primeiro e comprar depois foi a opção do morador de São José, Mário Kunz Júnior, 25 anos. Ele procurava um imóvel mais em conta em Palhoça. “Quero algo em torno de R$ 140 mil, e por preço é mais fácil achar em Palhoça. O bom é que tem muitas opções por esse valor. Não pretendo comprar hoje [ontem], mas quero sair com algo encaminhado para as próximas semanas”, afirmou.

Para quem vende, o fim de semana foi de bons negócios. O corretor Guilherme Sardá, 32, negociou junto com sua equipe seis imóveis até o início da tarde de ontem. Além das vendas, Sardá comemorava o grande número de contatos e clientes prospectados durante a feira. “Temos pessoas interessadas que nos procurarão durante a semana, depois de pensarem melhor e conversarem com familiares. Tem alguns que vamos levar para visitar as obras do imóvel”, destacou. (Colaborou Leonardo Thomé)

FONTE: NDONLINE.COM.BR

CONTADOR DE VISITAS

mod_vvisit_counterVisitantes de ontem:4539
mod_vvisit_counterSemana passada:29344
mod_vvisit_counterMês passado:142443

BUSQUE SEU IMÓVEL

Vista para o mar
Próx. UFSC / UDESC

LINKS PATROCINADOS

BUSQUE CÓD. OU TEXTO