Preço de metrópole: valorização do metro quadrado em Florianópolis

Preço de metrópole: valorização do metro quadrado em Florianópolis

05.04.2011 | 17:14

Fonte: http://www.economiasc.com.br/index.php?cmd=mundo-corporativo&id=5538

Nos próximos anos Florianópolis tende a ter maior valorização imobiliária. Foto: Paulo Barral

DIEGO SOUZA

"Um pedacinho de terra perdido no mar". Faz tempo que a música Rancho de Amor à Ilha, Hino da cidade, não representa mais a realidade da capital catarinense. Florianópolis está na moda. Prova disso é a alta repercussão nacional - e até internacional - das festas de réveillon e carnaval que aconteceram nos últimos meses. Além disso, a principal novela do país está se passando em Santa Catarina.

Toda esta exposição atrai investidores e pessoas interessadas em desfrutar das belezas naturais. Por isso, Florianópolis vem sofrendo uma constante valorização do preço do metro quadrado dos imóveis, superando o valor de regiões nobres de São Paulo e Rio de Janeiro.

Uma pesquisa do Instituto Ibope Inteligência mostra que os imóveis brasileiros valorizaram 22% em 2010, índice que ultrapassa países como Austrália, China, Noruega e Suécia.

Segundo dados do Sindicato da Habitação Secovi de Florianópolis, o preço do valor médio do metro quadrado na capital está em torno de R$ 2,615. Porém, algumas áreas, como Jurerê Internacional e Beira Mar Norte estão custando de seis até 15 CUB's (Custo Unitário Básico), que é um indicador monetário que mostra o custo básico para a construção civil. Esses valores revelam preços de R$ 6,276 até R$ 15,690, o metro quadrado.

Rio de Janeiro

Algumas regiões de Florianópolis estão com preços similares aos das áreas mais nobres do Rio de Janeiro. Copacabana, por exemplo, tem o preço do metro quadrado em torno de R$ 12 mil de acordo com o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Rio de Janeiro (Creci). Outros bairros como Ipanema ( R$ 20 mil / R$ 25 mil) e Leblon (R$ 18 mil / R$ 25 mil) ainda estão com valores mais altos que os da Ilha da Magia.

"As defasagens de preço com relação aos imóveis mais valorizados do Rio, por exemplo, compulsam para validar as expectativas de valorização dos imóveis em Santa Catarina", opina Gilberto Guerreiro, vice-presidente para vendas do Secovi.

Guerreiro revela que na região da Grande Florianópolis os imóveis têm apresentado valorização anual média em torno de 20%, considerada medição em períodos de três anos ou mais. "Um imóvel com valor de R$100 mil estaria, três anos após, com valor em torno de R$170mil".

"Imóveis em bairros com viés de transformação por investimentos públicos ou privados podem alcançar valorização que ultrapassa a 100% em um ou dois anos", comenta Gilberto.

Valorização em todos os bairros

O consultor do Sindicato da Indústria da Construção Civil da Grande Florianópolis (Sinduscon), Pedro Beck Di Bernardi, observa que existem apartamento caros em praticamente todos os bairros da capital, e que por causa da saturação, este valores altos estão chegando nos bairros mais afastados também.

"O preço do norte da ilha sempre foi mais caro, porém este cenários está mudando. Hoje, é complicado estipular rigorasamente o preço por bairro. É aconselhável pensar em valores de acordo com o acabamento do empreendimento", finaliza Pedro.

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

CONTADOR DE VISITAS

mod_vvisit_counterVisitantes de ontem:4199
mod_vvisit_counterSemana passada:32202
mod_vvisit_counterMês passado:162957

BUSQUE SEU IMÓVEL

Vista para o mar
Próx. UFSC / UDESC

BUSQUE CÓD. OU TEXTO

-->