Preço dos imóveis no Brasil por m2

Fonte: PINIWEB

 

O Índice FipeZap Ampliado registrou aumento de 0,9% nos preços de apartamentos em março de 2013, mesma variação do mês anterior. Com isso, a variação acumulada no primeiro trimestre do ano foi de 2,8%. A Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) considera apenas os anúncios de venda e locação de apartamentos publicados na página do ZAP Imóveis e leva em conta a localização, o número de dormitórios e a área útil.

Divulgação: Fipe


Das 16 cidades em que os preços são monitorados, duas registraram queda em março: Distrito Federal (-0,1%) e Fortaleza (-0,6%). Já as maiores altas foram registradas em Florianópolis (+2,1%) e no Rio de Janeiro (+1,3%). Em São Paulo, a alta nos preços foi de +0,9%.

Em comparação com o mesmo trimestre de 2012, Recife e Fortaleza apresentaram as maiores diferenças: a capital pernambucana acumulou no primeiro trimestre desse ano queda de 0,5%, enquanto no mesmo período de 2012 havia registrado alta de 9%. Já a cidade cearense acumula alta de 5,6% nos primeiros três meses de 2013, variação acima da registrada no mesmo período do ano passado (+1,8%).

Divulgação: Fipe

Segundo relatório da Fipe, a análise do Índice FipeZap Composto reforça a percepção de que continua o movimento de desaceleração na alta dos preços em 2013. Esse índice, que acompanha a evolução média do preço anunciado do metro quadrado nas sete cidades que originalmente faziam parte do Índice FipeZap e que, portanto, tem sua série histórica maior (dados desde agosto/2010), mostrou aumento de 2,7% nos primeiros três meses do ano. Em 2012, esse aumento havia sido de 4% e em 2011, de 6,4%.

 

CONTADOR DE VISITAS

mod_vvisit_counterVisitantes de ontem:4012
mod_vvisit_counterSemana passada:32183
mod_vvisit_counterMês passado:148139

BUSQUE SEU IMÓVEL

Vista para o mar
Próx. UFSC / UDESC

BUSQUE CÓD. OU TEXTO

-->